<p>Democratas e republicanos alcançaram um acordo de princípio para evitar uma nova paralisação do governo dos Estados Unidos no final desta semana, anunciaram os senadores, o que inclui 1,375 bilhão de dólares para construir um muro na fronteira com o México.</p><p>”Alcançamos um acordo de princípio sobre segurança interna, entre outros”, disse o senador republicano Richard Shelby à imprensa.</p><p>Fontes do Congresso afirmaram à AFP que o acordo inclui a quantia de US$ 1,375 bilhão para financiar um muro na fronteira com o México, uma promessa chave da campanha do presidente Donald Trump, que exigia 5,7 bilhões de dólares para a construção.</p><p>O valor acordado poderia financiar 89 km de muro na área do vale do Rio Grande, sul do Texas, segundo as mesmas fontes.</p><p>O acordo ainda precisa obter a aprovação da Casa Branca.</p><p>Os democratas e Trump travam uma batalha há semanas ante a recusa da oposição a financiar o muro.</p><p>O impasse provocou a paralisação parcial do governo federal durante mais de um mês, até 25 de janeiro, quando o presidente promulgou uma lei para dar aos congressistas três semanas para concluir um acordo, sob risco de um novo ‘shutdown’.</p><p>No momento do anúncio do acordo, Trump participava em um evento similar a um ato de campanha eleitoral na cidade fronteiriça de El Paso, no Texas, local em que existe uma cerca que, segundo o presidente, evitou a entrada descontrolada de criminosos do México.</p><p> * AFP </p><!– contentFrom:cms –>
Fonte: Diário Catarinense