Em Maceió, bombeiros resgatam três corpos soterradas numa barreira

Em Maceió, bombeiros resgatam três corpos soterradas numa barreira

GERAL -   


Em Alagoas, sete pessoas morreram em consequência da chuva. São mais de 24 mil pessoas desabrigadas ou desalojadas; 27 municípios do estado decretaram situação de emergência.

Em Maceió , os bombeiros resgataram nesta terça-feira (30) os corpos de três pessoas que ficaram soterradas em uma barreira. Uma pessoa continua desaparecida.

“A expectativa é demais, o sofrimento é muito, muito grande”, disse uma moradora.

O nível da água nas lagoas Mundaú e Manguaba, na região metropolitana, começou a diminuir, mas toda a orla lagunar e parte do centro continuam inundados.

“Deu mais de 40 centímetros de água dentro de casa. A metade dos móveis, que era aglomerado, guarda-roupa, armário... Foi tudo de água abaixo”, contou o funcionário público José Domício.

No município de Pilar, quem tenta voltar para casa, só encontra sujeira e destruição.

“A casa nessa situação, quando a gente viu, foi muito triste, de cortar o coração”, disse a comerciante Thain Nunes.

Voltou a chover nesta terça- e a população está assustada. Não para menos: em uma rua, a enxurrada abriu uma cratera e do outro lado quatro casas desabaram. Outras quatro estão danificadas, podem cair a qualquer momento. Uma outra casa não caiu, mas ficou totalmente comprometida, praticamente afundou.

Dona Maria Edite, 73 anos, precisa de ajuda para olhar os escombros no lugar onde passou 39 anos.

“Perdi minhas casinhas e agora estou na casa dos outros. Não sei mais o que fazer. Eu só não, todo mundo na cidade de Pilar está nessa situação”, disse.