Em Pernambuco, 24 municípios decretam emergência pelas chuvas

Em Pernambuco, 24 municípios decretam emergência pelas chuvas

GERAL -   


Aumentou para 24 o número de municípios em Pernambuco que decretaram estado de emergência por causa dos temporais. Quatro pessoas morreram.

Em Palmares , na Zona da Mata Sul, os moradores perderam o sono com medo de saques e furtos nas casas desocupadas.

“À noite a gente vai fazer vigília aqui. Porque, se a gente sair, o pessoal vem aqui à noite e rouba”, disse Emanuel da Silva.

Lojas do Mercado Público de Barreiros foram saqueadas. A polícia prendeu três homens.

“Nós já ficamos à mercê da catástrofe e, além disso, de pessoas que não se compadecem com os acontecimentos e saqueiam tudo”, contou o comerciante Átila Levi.

Moradores que perderam tudo na enchente disputaram no meio da rua alimentos jogados fora por um supermercado. As escolas viraram alojamentos. Nas cidades atingidas, como Catende , esta terça-feira (30) foi mais um dia de limpeza. A água começa a baixar e a mostrar os estragos em São Benedito do Sul ,  Belém de Maria , Cortês e Escada .

Em meio ao drama das famílias vítimas das enchentes também há espaço para a solidariedade. Foi só convocar e os voluntários se mobilizaram e, assim, juntos, lado a lado, eles fazem a diferença. Uma imensa corrente do bem reúne pessoas comuns, dispostas a ajudar.

“Todo mundo quer participar deste momento tão difícil que as pessoas estão vivendo. Então, a solidariedade pode ser a grande resposta para a necessidade”, disse o presidente da ONG Novo Jeito, Fábio Silva.

Só um grupo de voluntários reuniu 25 toneladas de doações. Em Pernambuco, quase 45 mil pessoas tiveram que deixar suas casas e ainda não sabem quando poderão voltar.