Violência se torna epidemia e registra recordes anuais de mortes no Brasil

Violência se torna epidemia e registra recordes anuais de mortes no Brasil

GERAL -   


O pesadelo é de verdade para muitas famílias do Norte e do Nordeste do Brasil. A violência disparou nessas regiões.

No ano 2000, elas tinham taxas próximas de 20 mortos por 100 mil habitantes. A do Sudeste era 38. Quinze anos depois, as taxas do Norte e do Nordeste tinham dobrado. E a do Sudeste caído pela metade.

Os conflitos se espalharam pelo país e fazem vítimas onde, até pouco tempo atrás, a população ainda se sentia segura.