Nova rodada de negociações sobre a Síria no Cazaquistão é adiada

Nova rodada de negociações sobre a Síria no Cazaquistão é adiada

GERAL -   

Astana, 22 ago (EFE).- A sexta rodada de negociações sobre o conflito na Síria foi adiada em setembro por decisão dos países fiadores do cessar-fogo - Rússia, Turquia e Irã -, disse nesta terça-feira o ministro de Relações Exteriores do Cazaquistão, Kairat Abdrakhmanov.

"Segundo os russos, os Estados fiadores do regime de armistício têm a intenção de realizar uma reunião técnica de especialistas antes do fim de agosto. Os especialistas discutirão a agenda e as datas da próxima negociação da Síria. Ela deve ser realizada em meados de setembro", disse o chanceler do Cazaquistão.

Anteriormente, Abdrakhmanov tinha firmado que as negociações aconteceriam no fim de agosto, mas a decisão de adiar ocorreu por causa da reunião técnica, que não será realizada em Astana.

Um encontro de especialistas dos estados fiadores ocorreu em Teerã no início deste mês para discutir a agenda da sexta rodada de negociações que será realizada na capital do Cazaquistão.

O principal resultado das cinco reuniões anteriores foi assinatura por parte dos Estados fiadores de um memorando em maio que estabeleceu quatro regiões seguras no país.

O acordo pretende proteger a população civil e diminuir a tensão entre os rebeldes e as tropas do governo da Síria.