Polícia encontra dinheiro em carro de parente de líder opositor venezuelano

Polícia encontra dinheiro em carro de parente de líder opositor venezuelano

GERAL -   

Caracas, 29 ago (EFE).- O procurador-geral da Venezuela, Tarek Saab, anunciou, na terça-feira, a descoberta pela Polícia Científica de 200 milhões de bolívares em dinheiro (cerca de US$ 60 mil) dentro de um veículo de um parente do opositor preso Leopoldo López.

"O que fomos informados de maneira, repito extraoficial, através de informações de inteligência do CICPC é que a propriedade do veículo corresponde a um parente direto do cidadão Leopoldo López", disse Saab, em uma entrevista por telefone a emissora estatal "VTV".

Leopoldo López é líder do partido opositor Vontade Popular e é considerado um preso de consciência pela Anistia Internacional (AI). Após passar mais de três anos em um presídio militar, segue cumprindo em prisão domiciliar sua condenação de quase 14 anos por convocar uma manifestação onde morreram três pessoas.

De acordo com Saab, o CICPC o informou que as notas estavam distribuídas em "quatro caixas de madeira" dentro de um veículo interceptado pela polícia científica no setor de Los Palos Grandes, no leste de Caracas.

O Tarek Saab explicou que um procurador responsável pelos "crimes comuns" foi designado para o caso, do qual ele disse não poder oferecer mais detalhes quando perguntado se o dinheiro poderia estar destinado ao financiamento de algum "grupo".

"Nesse sentido, como se trata de um suposto crime que envolve, é claro, um vínculo com as leis penais vigentes, o Ministério Público investigará esta descoberta e todas as suas implicações", afirmou Saab.