Total de linhas fixas fica estável em julho ante igual mês de 2016

Total de linhas fixas fica estável em julho ante igual mês de 2016

GERAL -   


A telefonia fixa registrou 41,27 milhões de linhas no país em julho, estável em relação há um ano. Mas comparado ao mês anterior, houve adição líquida de 70,5 mil linhas ? as concessionárias tiveram redução de 100,94 mil linhas, enquanto as autorizadas incluíram 171,48 mil, segundo dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).


Em 12 meses, o total das autorizadas registrou queda de 1,46%, ou 252,42 mil linhas. As concessionárias recuaram 4,25%, o equivalente a mais de 1 milhão de linhas.


A TIM liderou o aumento de linhas fixas entre as autorizadas em um ano: 96,54 mil. Nesse bloco, a maior queda foi da Claro Brasil, 469,82 mil linhas.


No período, entre as concessionárias, a maior evolução foi da Algar com mais 21,9 mil linhas, e a maior queda foi da Oi, 744,9 mil linhas, seguida pela Telefônica, 354,10 mil.