Governo de SP confirma suspensão do leilão de privatização da Cesp

Governo de SP confirma suspensão do leilão de privatização da Cesp

GERAL -   


O governo do Estado de São Paulo confirmou em ata publicada nesta sexta-feira no "Diário Oficial" estadual a suspensão do leilão de privatização da Cesp. O leilão estava agendado para 26 de setembro, com preço mínimo anunciado de R$ 16,80 por ação.

No documento, o secretário da Fazenda do Estado de São Paulo, Hélcio Tokeshi, justifica a suspensão pela ampliação do conjunto de ativos de infraestrutura em oferta no mercado e pela necessidade de eventuais ajustes que busquem elevar a competitividade do leilão, a partir de informações colhidas com os interessados no processo.

Tokeshi afirmou ontem, em entrevista ao Valor , que o processo de avaliação não é uma questão de meses e sim de semanas, mas lembrou que, após uma republicação do edital, será necessário dar mais prazo para a análise por parte dos investidores.

"Achamos algumas observações relevantes, que podem nos ajudar a ter um leilão com mais concorrência", disse.