UE lança cooperação militar reforçada com 25 países do bloco

UE lança cooperação militar reforçada com 25 países do bloco

GERAL -   

Bruxelas, 11 dez 2017 (AFP) - Vinte e cinco países da União Europeia (UE) lançaram formalmente nesta segunda-feira uma cooperação militar inédita para desenvolver equipamentos e armamento e facilitar operações exteriores, com o objetivo de relançar o projeto da Europa da Defesa.

Salvo Malta, Dinamarca e Reino Unido, o resto dos países do bloco participarão nesta "cooperação estruturada permanente" (Pesco, na sigla em inglês) em matéria de defesa, que conta com uma lista de 17 projetos que deverão ser executados nos próximos meses.

Entre os projetos, a implementação de um "núcleo da resposta às crises" que deve acelerar o destacamento de tropas quando a UE lançar uma operação militar de urgência, ou o desenvolvimento de programas informáticos comuns para melhorar a comunicação de tropas sobre o terreno.

A Alemanha liderará o primeiro programa e a França o segundo. O restante de projetos será completado com um comando europeu que permita administrar melhor alguns recursos, e equipes médicas em apoio às operações exteriores da UE e o desenvolvimento de um robô submarino para a detecção de minas.