Morre mulher mais velha da Europa, uma espanhola de 116 anos

Morre mulher mais velha da Europa, uma espanhola de 116 anos

GERAL -   

Córdoba (Espanha), 15 dez (EFE).- A espanhola Ana Vela, considerada a mulher mais velha da Europa, faleceu nesta sexta-feira aos 116 anos em Barcelona, onde vivia.

Ana nasceu em 29 de outubro de 1901 na cidade de Puente Genil (Córdoba, sul da Espanha) e era a terceira pessoa viva mais longeva do mundo e a mais idosa da Europa, desde que no último dia 15 abril faleceu aos 117 anos a italiana Emma Morano, segundo o Grupo de Pesquisa Gerontológica (GRG, na sigla em inglês), que elabora um ranking de supercentenários.

Apenas duas mulheres japonesas superam em idade a agora falecida.

Ao longo de sua vida, Ana administrou uma loja de alimentação em Málaga, trabalhou como costureira e criou sozinha quatro filhos.

Em 2005, com 103 anos, ingressou em um centro para anciãos de Barcelona, onde hoje faleceu.

Ana não era a única pessoa na Espanha que bateu recordes de longevidade.

No último dia 13, Francisco Núñez Olivera, outro espanhol, completou 113 anos e ostenta atualmente o título de homem mais velho do mundo.