Jungmann acusa Freixo de difundir uma ‘mentira’

Jungmann acusa Freixo de difundir uma ‘mentira’

GERAL -   


O embate entre Raul Jungmann e Marcelo Freixo teve uma espécie de segundo round na noite deste sábado. Em nota veiculada no Twitter, o ministro da Segurança Pública acusou o deputado estadual do PSOL do Rio de Janeiro de difundir uma “mentira” ao acusá-lo de tirar proveito político do assassinato de Marielle Franco.

“Marcelo Freixo, o senhor tem me acusado de dizer que a morte de Marielle justificaria a intervenção no Rio e de estar fazendo política com o seu cadáver”, anotou Jungmann, antes de lançar um repto a Freixo: “Como a quem acusa cabe o ônus da prova, diga onde e quando afirmei tal absurdo. Desde já, afirmo que isso é uma mentira. Boa noite.”

Na véspera, Jungmann já havia se insurgido contra Freixo por conta de entrevista que o deputado concedera ao UOL (assista o trecho abaixo). O ministro voltou ao tema após verificar que Freixo o mencionara novamente em conversa com a revista IstoÉ .