Dow Jones fecha em baixa de 1,74%

Dow Jones fecha em baixa de 1,74%

GERAL -   

Nova York, 24 abr (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta terça-feira em baixa de 1,74%, após uma jornada de resultados empresariais que não foram bem recebidos pelos mercados.

Ao final do pregão, o principal indicador da Bolsa de Nova York perdeu 424,56 pontos e ficou com 24.024,13. Já o S&P 500 caiu 1,34%, até 2.634,56, enquanto o índice composto da Nasdaq recuou 1,7%, para 7.007,35 pontos.

Quase todos os setores acabaram com números vermelhos, liderados pelo industrial (-2,82%) e o de materiais básicos (-2,69%). Já o tecnológico recuou 1,99%, enquanto o de telecomunicações avançou 1,17%.

Wall Street tinha aberto em terreno positivo após a publicação de resultados trimestrais de várias empresas, mas na metade do pregão já sofria algumas perdas que se aceleraram duas horas antes do fechamento.

O Dow Jones, que registrou hoje sua quinta sessão consecutiva em baixa, a sequência mais longa desde março do ano passado, chegou a perder mais de 600 pontos no seu pior momento.

Uma das causas foi o aumento no rendimento do bônus do Tesouro a 10 anos, de referência no mercado, que nesta manhã tocou 3%, uma barreira psicológica que não tinha superado desde janeiro de 2014.

Entre os 30 títulos incluídos no Dow Jones se destacou a queda do grupo 3M (-6,83%), que chegou a retroceder 8,5% após diminuir suas previsões de receita e anunciar uma redução em seu lucro em relação ao mesmo período de 2017.

Quem também surpreendeu foi a Caterpillar (-6,2%), que tinha chegado a subir quase 4% pela manhã, com resultados melhores que o esperado, mas despencou logo em seguida e lastrou o grupo.

A seguradora Travelers não satisfez as expectativas dos investidores e caiu 3,17%, atrás da DowDuPont (-3,69%) e na frente da Boeing (-2,89%), que divulga amanhã suas contas.

Por sua vez, United Technologies (-1,1%) e Coca-Cola (-2,07%) superaram as estimativas dos analistas, mas também fecharam em baixa. A única premiada pelos mercados por seus resultados foi a Verizon, que subiu 2,08%, seguida da General Electric (1,1%).

Fora desse grupo, algumas das empresas tecnológicas de maior capitalização puxaram o Nasdaq para baixo. Foi o caso de Facebook (-3,71%), Amazon (-3,81%), Apple (-1,39%), Netflix (-3,66%) e Alphabet (-4,77%), que ontem divulgou contas positivas.

Em outros mercados, a onça do ouro subia para US$ 1.333,60, enquanto a rentabilidade do bônus do Tesouro a dez anos avançava até 2,996%.