Argentino acusado de estelionato é preso na Rússia

Argentino acusado de estelionato é preso na Rússia

GERAL -   

SÃO PAULO, 03 JUL (ANSA) - O estelionatário argentino Facundo "El Sapo" Ciarlo, que estava em liberdade condicional em seu país, foi preso na Rússia após a eliminação da sua seleção da Copa do Mundo de 2018, contra a França.   

O argentino, que não tinha permissão da Justiça para sair do país, não fez muita questão de ficar no anonimato e foi reconhecido em fotos compartilhadas nas redes sociais e que o mostram assistindo a alguns jogos do Mundial. Isso facilitou a identificação de Ciarlo, que acabou detido pelas autoridades.   

O estelionatário era dono de uma empresa denominada "The Frog Travel" e é acusado de realizar uma fraude de mais de 10 milhões de pesos. Após a prisão, Ciarlo voltará para a Argentina e perderá o direito à liberdade condicional.   

A Argentina foi eliminada nas oitavas de final da Copa do Mundo, após perder por 4 a 3 para a França, no último sábado (30), em Kazan. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br .