Ataque guerrilheiro fere oito militares na Colômbia

Ataque guerrilheiro fere oito militares na Colômbia

GERAL -   

Bogotá, 4 Jul 2018 (AFP) - Oito militares ficaram feridos, sendo dois gravemente, em um ataque com explosivos no pacífico colombiano atribuído pelas autoridades à guerrilha do ELN, que negocia a paz com o governo.

Os homens realizavam na manhã desta quarta-feira "operações de controle militar" na zona rural do porto de Buenaventura quando um "artefato explosivo" foi detonado na passagem de seu veículo, informou o ministério da Defesa.

"De acordo com as informações iniciais, o artefato explosivo foi instalado pela Frente Ernesto Che Guevara do grupo armado organizado do ELN", única guerrilha ativa na Colômbia reconhecida pelo governo.

Os militares da Marinha Nacional foram evacuados em uma aeronave para Buenaventura, o principal porto colombiano sobre o Pacífico, e dois se encontram em estado grave, com remoção marcada para a cidade de Cali nas próximas horas.

O Exército de Libertação Nacional (ELN), com cerca de 1.800 combatentes, e o governo colombiano negociam em Havana um acordo de paz similar ao que levou ao desarmamento das Farc e sua transformação em partido político.