Projeto de privatização da Eletrobras ficará para depois da eleição, diz relator

Projeto de privatização da Eletrobras ficará para depois da eleição, diz relator

GERAL -   


SÃO PAULO (Reuters) - O projeto de lei que autoriza a privatização da Eletrobras será analisado depois das eleições de outubro, quando um novo presidente da República será eleito, disse nesta quarta-feira o relator da proposta, deputado José Carlos Aleluia (DEM-BA).

Aleluia já apresentou seu relatório na comissão onde tramita a proposta em maio, mas ainda não analisou as emendas apresentadas pelos parlamentares no colegiado.

“Certamente um presidente eleito vai ter condições de decidir sobre o que fazer com ela”, disse Aleluia, de acordo com a Agência Câmara Notícias.

O parecer do relator segue a estrutura do projeto enviado pelo governo ao Congresso. O texto autoriza a empresa a lançar novas ações no mercado para diminuir a participação do governo federal na companhia.