Chuvas e inundações deixam 4 mortos nas Filipinas na última semana

Chuvas e inundações deixam 4 mortos nas Filipinas na última semana

GERAL -   

Manila, 24 jul (EFE).- As fortes precipitações e inundações que foram registradas em todo o território das Filipinas na última semana devido à passagem consecutiva de três tempestades causaram quatro mortes, informaram nesta terça-feira fontes oficiais.

Mais de 1,13 milhão de pessoas tiveram que ser evacuadas de suas casas pelas chuvas contínuas, que se intensificaram com a passagem das tempestades tropicais Son-Tinh e Ampil, e da depressão tropical Josie, que deixou a área de responsabilidade filipina na segunda-feira.

As 61.674 pessoas afetadas pelas inundações se refugiaram em 302 centros de acolhimento que foram habilitados em todo o país, segundo o Conselho Nacional de Redução e Gestão de Riscos (NDRRMC, na sigla em inglês).

As áreas mais atingidas pelas águas são as províncias de Bulacan, Cavite, Bataan e Ifugao, situadas na ilha de Luzon, no norte do arquipélago, onde vários municípios declararam estado de calamidade, assim como o distrito de Marikina, na cidade de Manila.

Segundo a última apuração oficial, os danos à agricultura e às infraestruturas pela passagem dos ciclones chegaram a US$ 15,4 milhões.

O serviço meteorológico das Filipinas advertiu que há uma área de baixa pressão que se aproxima da região central de Luzon e que poderia se transformar amanhã em uma tempestade tropical.