Grêmio ganha dor de cabeça contra Flamengo com lesões de Léo Moura e Cortez

Grêmio ganha dor de cabeça contra Flamengo com lesões de Léo Moura e Cortez

GERAL -   

  • Lucas Uebel/Grêmio

    Léo Moura (foto) e Bruno Cortez podem ficar fora do primeiro jogo contra o Flamengo

    Léo Moura (foto) e Bruno Cortez podem ficar fora do primeiro jogo contra o Flamengo

O Grêmio enfrenta a Chapecoense no domingo, em Chapecó. O foco do time, porém, é o Flamengo. E duas dores de cabeça para o jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil já aparecem: Léo Moura e Bruno Cortez tratam lesões musculares e não estão garantidos no duelo de quarta-feira, em Porto Alegre.

Oficialmente, o Grêmio não informa que os laterais estão aos cuidados do departamento médico, mas ambos se recuperam de problemas musculares. "Aí a gente tem que ver (sobre condição de jogo para quarta-feira), né? São problemas musculares e isso é com departamento médico. Eu sei das lesões deles, mas aí vai de um corpo para o outro. Às vezes, um reage melhor que o outro", disse Renato Gaúcho na última quinta-feira, após vitória diante do São Paulo.

Bruno Cortez já havia ficado fora do jogo contra o Vasco e o UOL Esporte publicou que o problema iria retirá-lo da partida com o São Paulo. Já Léo Moura atuou em São Januário e foi baixa em Porto Alegre.

O Grêmio usará reservas na 16ª rodada do Brasileirão justamente para preservar o time titular. Todo ele. Para os laterais em tratamento, restam três dias para reabilitação. Como a agenda ainda reserva o duelo de oitavas de final da Libertadores contra o Estudiantes-ARG e a partida de volta com o Flamengo em um período breve de tempo, eles não terão retorno forçado.

Na lateral direita, Léo Gomes é a primeira opção para vaga de Léo Moura. No lado esquerdo, Marcelo Oliveira é o suplente imediato. Ambos tiveram atuação boa contra o São Paulo e ganharam ainda mais pontos para eventual necessidade contra o Flamengo.