Odair diz que Inter dominou o Botafogo e ressalta regularidade do time

Odair diz que Inter dominou o Botafogo e ressalta regularidade do time

GERAL -   


Odair estava totalmente satisfeito. Em entrevista coletiva após o 3 a 0 sobre o Botafogo neste domingo (29), o treinador ressaltou a regularidade do time e viu domínio absoluto em campo.

"Dominamos todas as ações, do início ao fim. Fizemos uma partida consistente. Criamos muitas oportunidades, e nas muitas que criamos fomos efetivos. Mais uma boa vitória dentro de casa para continuarmos na campanha em que estamos até agora. Cada jogo é mais difícil, cada passo para frente é mais difícil. Todos estão de parabéns por tudo", disse o treinador.

O Inter foi melhor, de fato. Superou o Botafogo com naturalidade. Fez três gols, acertou a trave, e ainda teve mais uma série de chances. Conquistou o 29º ponto na classificação e dorme no G-4 do Brasileiro.

"Nos últimos 12 jogos, não perdemos 11, tivemos uma derrota. Eu tinha dito antes que não tínhamos chegado a lugar algum. Porque é sempre muito difícil. Mas ninguém conseguiu a regularidade que conseguimos até então. Há um perde e ganha. O São Paulo ganhou do Cruzeiro, e perdeu para o Grêmio, que perdeu para o Vasco, que perdeu para nós. Tudo entra num contexto. Temos um caminho e vamos seguir com ele. Nem a derrota, nem a vitória nos tira o caminho. Trabalhamos com organização, comprometimento, foco. É isso que se pode esperar. Cada jogo é uma final", disse o treinador.

O próximo confronto do Internacional será no dia 6, contra o Atlético-MG, fora de casa. O Galo é adversário direto pelas primeiras posições da classificação.

"São 16 rodadas, nossa ideia está bem firmada, os jogadores têm consciência daquilo que treinamos, do que buscamos no jogo. Sistemas e variações. Eu preciso voltar a falar do grupo. Temos 37 jogadores, com a base fazendo parte. Você não briga na parte de cima se não tiver grupo, com comprometimento de todos. Todos nós temos anseios individuais, mas quando eles se juntam e traçam uma meta, colocam um objetivo, se entregam, se fortalece coletivamente e é difícil bater um time assim. Aqui temos todos o mesmo objetivo. Vamos achar espinhos, não queremos perder, não jogamos para perder nunca, respeitamos todos, pode acontecer derrotas. E temos que ser equilibrados para no próximo passo recuperar nossa regularidade. Nossa média é dois pontos conquistados por partida, e essa média é de parte de cima da tabela", finalizou.