Alvo do Santos, Osorio cita várias ofertas e diz: Colômbia "é prioridade"

Alvo do Santos, Osorio cita várias ofertas e diz: Colômbia "é prioridade"

GERAL -   

  • Hector Vivas/Getty Images

Juan Carlos Osorio recebeu proposta para assumir o comando do Santos nos últimos dias, mas seu objetivo é outro. Em entrevista à Rádio Caracol neste domingo (29), o treinador colombiano, que recentemente deixou a seleção do México, afirmou que deseja treinar a seleção de seu país.

"Obviamente como colombiano, e homem de futebol, aspiro a algum dia competir pelo posto de treinador da seleção. Qualquer treinador colombiano se sente da mesma maneira. O que está claro é que há 25, 30 anos era um sonho e agora é um objetivo. A grande diferença entre sonho e objetivo é que o sonho tem um plano, há um plano de ação. Continuarei me preparando e quando tiver a oportunidade de competir por esse posto, claro que será uma prioridade. É uma prioridade para mim e seguirá sendo e me prepararei da melhor maneira para ser", afirmou.

Apesar de admitir ter recebido outras propostas, Osorio disse que não foi procurado pela Federação Colombiana de Futebol. "Não (falei com ninguém da federação colombiana). Creio que o primeiro (objetivo) era terminar bem como terminamos no México, reitero estar muito agradecido com a federação mexicana por tudo que aprendi. A partir de hoje já estamos em um processo de escutar, há vários que estamos escutando, mas da seleção colombiana, não."

Mesmo sem citar nomes, o treinador disse que federações de vários países o procuraram para dirigir outras seleções. "Há outras federações que entraram em contato comigo, estamos falando com eles e creio que por respeito com todos e com prudência, não vou me manifestar publicamente, mas sim, há várias oportunidades de trabalho."

Juan Carlos Osorio é visto na imprensa colombiana como um dos principais nomes que podem assumir a seleção caso José Pékerman saia. O argentino, que está à frente da Colômbia desde 2012, terá seu vínculo encerrado no próximo mês com a federação. A entidade ainda não confirmou se Pékerman sairá ou renovará para o próximo ciclo até a Copa de 2022.

Procurado pelo Santos na última semana após a demissão de Jair Ventura, segundo apuração do ?UOL  Esporte , Osorio dará sua resposta até a próxima segunda-feira. O clube brasileiro ofereceu um salário de R$ 550 mil e contrato de duas temporadas ao colombiano, que dirigiu o São Paulo em 2015.