Artur levanta torcida com dribles e se credencia a virar "sucessor" de Keno

Artur levanta torcida com dribles e se credencia a virar "sucessor" de Keno

GERAL -   


A passagem de Wesley Carvalho como treinador do Palmeiras não vai durar muito, já que o interino está apenas "tapando o buraco" até a chegada de Luiz Felipe Scolari no final desta semana. Mas a vitória por 3 a 0 sobre o Paraná sob o comando do técnico do time sub-20 pode deixar um legado para o time. A aposta no jovem Artur como titular pela ponta direita rendeu frutos, fez o prata da casa ser ovacionado pela torcida e pode mostrar que o substituto de Keno, afinal, pode ser outro.

Desde a venda do antigo titular para o Pyramids, do Egito, o discurso no Palmeiras é que a reposição foi feita com o retorno de Gustavo Scarpa, que reativou seu vínculo com o clube após se livrar do Fluminense na justiça pela segunda vez. Mas, embora Scarpa possa jogar pela ponta, ele é um meia articulador, com características totalmente diferentes das do antigo titular. Com Artur, o Palmeiras tem algo bem mais parecido: velocidade, profundidade e jogadas individuais.

O ex-técnico alviverde Roger Machado chegou a dizer, em entrevista coletiva poucos dias antes de ser demitido, que o Palmeiras não tinha no elenco um jogador com o estilo de Keno e que poderia ir ao mercado para buscar um. Mas Artur pode ser esse nome. O jovem de 20 anos teve poucas chances com o treinador, já que uma lesão nos ligamentos no tornozelo o tirou de ação no início do ano por três meses.

Contra o Paraná, Artur teve o cenário perfeito para conquistar a torcida. O time tricolor não conseguiu travar a construção de jogadas do Palmeiras, que constantemente acionou os jogadores de ataque em situações de perigo. O atacante impressionou pela velocidade, sempre conduzindo a bola com o pé esquerdo, e por lances individuais que levaram perigo. O segundo gol nasceu de um chute de Artur, com Bruno Henrique aproveitando o rebote do goleiro.

"A gente trabalha para ter oportunidade. Acho que vai surgir naturalmente. Fiz meu papel dentro de campo, corri. Fiquei muito feliz pelo domingo, pelos 3 a 0. Meu jogo é desse jeito, feliz. Espero receber mais oportunidades. Não pode faltar muita garra, muita vontade. Agradeço a Deus pela oportunidade. Muito feliz", disse o garoto, que foi muito aplaudido pela torcida ao ser substituído por Lucas Lima no segundo tempo.

Apesar do ótimo jogo contra o Paraná, Artur ainda deve ter que batalhar para se firmar no Palmeiras. Felipão terá à disposição para os lados do ataque nomes como Dudu, Willian, Scarpa e Hyoran. Nenhum deles, porém, tem o mesmo estilo veloz e ousado do atacante revelado no clube. E esse pode ser o trunfo do camisa 37 para, quem sabe, conquistar também o novo comandante. A torcida, como se viu no domingo, já aprovou.