Itália recebe certificado e poderá exportar arroz para China

Itália recebe certificado e poderá exportar arroz para China

GERAL -   

ROMA, 3 SET (ANSA) - O ministro de Políticas Agrícolas da Itália, Gianmarco Centinaio, assinou um decreto para determinar o território italiano como uma "área livre de pragas" e retirar do país uma restrição que impedia a importação de arroz para a China.   

O documento, assinado no dia 26 de julho, aguarda agora a publicação no Diário Oficial da União e foi realizado em parceria com a Ente Nazionale Risi, órgão público destinado a proteger todo o setor arrozeiro. De acordo com o decreto, toda a rizicultura nacional está livre do "Trogoderma granarium", besouro do arroz.   

"Sobre o grande trabalho entre a China e Itália, ainda há reuniões para concluir oficialmente todo o acordo com as autoridades chinesas e proceder com a exportação de arroz", explicou à ANSA Centinaio.   

Segundo o ministro de Políticas Agrícolas, "exportar o arroz italiano para a China parecia algo impossível".   

A certificação foi conquistada após um longo trabalho feito pela Ente Nazionale Risi no âmbito da Convenção Intenacional "Plant Protection" (IPPC, na sigla em inglês). (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br .