UOL, Folha e SBT entrevistam Marina Silva nesta terça-feira

UOL, Folha e SBT entrevistam Marina Silva nesta terça-feira

GERAL -   

  • ALEX SILVA/ESTADÃO CONTEÚDO

A candidata da Rede à Presidência, Marina Silva, será a segunda entrevistada da série de sabatinas realizadas pelo UOL , em parceria com a Folha e o SBT, nesta terça-feira (4). A entrevista começa às 10h, nos estúdios do UOL , em São Paulo, e terá duração de uma hora. 

Marina Silva passou pelos cargos de vereadora, deputada estadual e senadora pelo Acre. Além disso, foi ministra do Meio Ambiente no governo de Luiz Inácio Lula da Silva (2003 - 2008) e se candidata ao Planalto pela terceira vez consecutiva (2010, 2014 e 2018). 

Segundo o último levantamento do Datafolha, no cenário com o ex-presidente Lula, Marina Silva aparece em terceiro lugar com 8% das intenções de voto. Já sem Lula, Marina sobe e assume o segundo lugar da corrida com 16%, atrás apenas de Jair Bolsonaro (PSL, 22%). 

Os presidenciáveis serão entrevistados por jornalistas dos três veículos. O primeiro a ser sabatinado foi Ciro Gomes (PDT). A ordem das entrevistas foi definida por sorteio:

4/9  – Marina Silva (Rede)
5/9  – Luiz Inácio Lula da Silva (PT)*
6/9  – Guilherme Boulos (PSOL)
10/9  – Alvaro Dias (Podemos)
11/9  – Geraldo Alckmin (PSDB)
12/9  – Cabo Daciolo (Patriota)
13/9  – Henrique Meirelles (MDB)
14/9  – Jair Bolsonaro (PSL)

Sobre a participação de Lula e Haddad

Ainda nas tratativas para as sabatinas,  UOL , Folha e SBT convidaram o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, então candidato do PT a presidente e líder nas principais pesquisas de intenção de voto para o Planalto, para participar das sabatinas e entraram com recurso na Justiça Eleitoral para poder entrevistá-lo. No entanto, preso desde abril, ele foi impossibilitado de dar entrevistas por decisão judicial.

Além disso, na madrugada do último sábado (1º),  a candidatura de Lula foi barrada pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral ). O PT ainda  hesita  em indicar o nome do ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad para assumir cabeça de chapa, mas, caso a legenda formalize a troca até terça-feira (4), o novo candidato petista poderá participar da sabatina na quarta (5).

Debates

UOL , Folha e SBT também realizarão um debate entre os candidatos no dia 26 de setembro e, em um eventual segundo turno, no dia 17 de outubro.

Dividido em três blocos, o debate terá transmissão ao vivo pela TV aberta e nos sites do  UOL  e da Folha. Três jornalistas de cada veículo, assim como nas sabatinas, entrevistarão os candidatos.

Foram convidados os candidatos dos partidos com representatividade no Congresso (com ao menos cinco parlamentares), conforme determina a legislação eleitoral.