Elon Musk faz piada com agência dos EUA, e ações da Tesla caem de novo

Elon Musk faz piada com agência dos EUA, e ações da Tesla caem de novo

GERAL -   

  • Reprodução/Twitter

As ações da montadora norte-americana de carros elétricos Tesla recuavam mais de 5% nesta sexta-feira (5) após o presidente-executivo Elon Musk fazer comentários jocosos sobre o órgão de regulação dos mercados dos Estados Unidos, a Comissão de Valores Mobiliários (SEC, na sigla em inglês).

Durante o fim de semana, Musk aceitou pagar uma multa milionária, de US$ 20 milhões , como parte de um acordo com a entidade para encerrar um processo na Justiça que pedia sua saída da montadora de carros elétricos .

VEJA TAMBÉM:

  • SEC processa Musk por fraude em tuíte e pede saída dele da Tesla
  • Tuíte de Musk faz governo dos EUA abrir investigação contra Tesla
  • Elon Musk aparece fumando maconha, e ações da Tesla despencam

Musk chamou a SEC de "Shortseller Enrichment Commission" (" Comissão de Enriquecimento de Vendedores a decoberto "). A sigla corresponde, na verdade, a "Securities and Exchange Comission".

"Apenas quero (sic) que a Comissão de Enriquecimento de Vendedores a descoberto está fazendo um trabalho incrível", disse Musk, em referência a investidores que apostam contra a Tesla .

O comentário foi feito horas após um juiz dos EUA mandar o bilionário e o órgão regulador justificarem por escrito o acordo fechado para Musk continuar à frente da montadora.

Na semana passada, as ações da Tesla já haviam despencado após a SEC abrir uma ação na Justiça contra Musk por fraude . A motivação foram tuítes publicados por ele em 7 de agosto que afirmaram que a Tesla teria seu capital fechado e que os recursos para isso já estavam assegurados.

O processo ameaçou levar a Tesla e Musk a uma longa batalha que poderia atingir as operações da companhia e sua capacidade de levantar capital.

No acordo anunciado no final de semana, Tesla e Musk concordaram em pagar US$ 20 milhões cada para a SEC e que o bilionário, também um grande acionista da montadora, abandonaria o posto de presidente do conselho de administração, mas permaneceria como presidente-executivo da empresa.

Peter Haveles, um sócio na Trial and Dispute Resolution Practice, afirmou que os tuítes de Musk mostram sua falta de disciplina.

Vai colocar intensa pressão sobre o conselho porque a SEC vai observar a Tesla como um falcão e vai criar tensão adicional para a companhia e Musk

Haveles

Vários usuários do Twitter também criticaram Musk, que tem mais de 20 milhões de seguidores na plataforma, por seus comentários contra reguladores e os vendedores a curto prazo.

"Eu perdi 30 anos de economias graças a seus tuítes. Por favor, pare", escreveu TrendTrader007. "Se você continuar neste caminho destrutivo vai perder seus apoiadores e boa vontade de fãs antigos da Tesla como eu", acrescentou.

As ações da Tesla acumulam queda de cerca de 14% neste ano, mas ainda mostram valorização de 30% desde o início de 2017. Por volta das 13h (horário de Brasília), os papéis tinham queda de 5,86%, a US$ 265,35.