Tunisiano é preso ao tentar gravar nome na Fontana di Trevi

Tunisiano é preso ao tentar gravar nome na Fontana di Trevi

GERAL -   

ROMA, 5 OUT (ANSA) - A Polícia italiana prendeu um tunisiano acusado de tentar gravar as iniciais de seu nome, com uma chave, na emblemática Fontana di Trevi, em Roma, informaram as autoridades locais nesta sexta-feira (5).   

O incidente ocorreu na noite de ontem (4), quando uma equipe do "Grupo Centro", responsável pelo controle na fonte romana, flagrou o homem de 39 anos, residente na Alemanha, tentando escrever em uma das colunas que cercam o topo da fonte.   

Segundo os carabineiros, o turista foi acusado de danificar o patrimônio artístico da cidade. A Fontana di Trevi, um dos monumentos mais simbólicos da Cidade Eterna, tem sido frequentemente alvo de vandalismo e de irregularidades cometidas por viajantes. Recentemente, um casal de turistas norte-americanos foram multados em 900 euros por se banhar no local. Além disso, um egípcio também foi sancionado por lavar os pés na fonte. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br .