Contra o Inter, Cuca "barra" Bambu e se preocupa com oito pendurados

Contra o Inter, Cuca "barra" Bambu e se preocupa com oito pendurados

GERAL -   

  • Ivan Storti/Santos FC

    Robson Bambu já comunicou o Santos que deixará o clube no próximo dia 10

    Robson Bambu já comunicou o Santos que deixará o clube no próximo dia 10

O técnico Cuca barrou o zagueiro Robson Bambu para o duelo do Santos contra o Internacional nesta segunda-feira, às 20h (de Brasília), em Porto Alegre, válido pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Bambu está recuperado de lesão muscular, participou de jogo treino nesta semana e até lesionou, sem intenção, um atacante do sub-20 , como revelou o UOL Esporte na última quinta-feira.

No entanto, Cuca optou por não relacionar o defensor, mas lembrou que pode utilizá-lo até o fim de seu contrato, no próximo dia 10. Vale lembrar que Bambu já comunicou a diretoria santista que não permanecerá no clube paulista.

"Ele está na transição, vindo do departamento médico para o campo. Ele não está na condição de estar relacionado. Ele tem contrato até o dia 10. Temos zagueiros com cartões e não podemos precipitar, podemos precisar dele. Ele é um grande profissional", disse Cuca.

O comandante santista se mostrou preocupado, pois todos os seus zagueiros estão pendurados com dois cartões amarelos e podem desfalcar o time nas próximas rodadas.

No total, Cuca tem oito jogadores pendurados com dois cartões amarelos. São eles: os zagueiros Lucas Veríssimo, Robson Bambu, Gustavo Henrique e Luiz Felipe, os laterais Victor Ferraz, Dodô, e os volantes Carlos Sánchez e Léo Cittadini.

Felippe Cardoso segue "solitário" no DM

O atacante Felippe Cardoso, que sofreu lesão no púbis, é o único jogador que segue no departamento médico. Ele só retorna aos gramados em 2019 , como revelou o UOL Esporte com exclusividade. Vale ressaltar que o reforço, o único pedido por Cuca no Santos, já chegou ao clube com pubalgia.

Felippe Cardos não pode ser considerado um desfalque pois nunca foi titular. Pelo contrário, ele só atuou 20 minutos no clássico contra o São Paulo, válido pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro, no mês passado. Em seguida, o centroavante voltou a sentir a lesão no púbis e não jogou desde então.