Em meio a confrontos diretos, Palmeiras tenta evitar tropeço do 1º turno

Em meio a confrontos diretos, Palmeiras tenta evitar tropeço do 1º turno

GERAL -   

  • Daniel Vorley/AGIF

    Palmeiras de Dudu é o líder do Campeonato Brasileiro, com 59 pontos somados

    Palmeiras de Dudu é o líder do Campeonato Brasileiro, com 59 pontos somados

Após dois confrontos diretos contra rivais que brigam pelas primeiras posições do Campeonato Brasileiro, o líder Palmeiras encara neste domingo (21) um adversário em situação bem diferente: o Ceará, atual 17º colocado, que briga para não cair. Mas o foco no alviverde é não deixar que o tropeço do primeiro turno contra o mesmo adversário, que causou turbulência ainda sob a gestão Roger Machado, se repita agora e interrompa o grande momento da equipe.

Assim como aconteceu no primeiro turno, o Palmeiras vem de dois grandes resultados em jogos importantes. Bateu o São Paulo e o Grêmio, ambos por 2 a 0, e abriu vantagem na liderança. Depois da partida contra o Ceará, o time tem mais um confronto direto: pega o atual terceiro colocado Flamengo, em casa, no próximo sábado (27). A concentração diante do time nordestino, entretanto, não pode cair, como já avisou Dudu durante a semana.

"Sinceramente, só pensamos no Ceará. Sabemos que vai ser muito difícil. Vai ser mais difícil do que pegar o São Paulo e o Grêmio. Eles estão lutando para sair do rebaixamento. Vai ser difícil. Precisamos conquistar a nossa vitória", disse o camisa 7, que deve ser poupado por dois motivos: está pendurado com dois cartões amarelos e certamente será titular na quarta-feira (24), contra o Boca Juniors, na Argentina, pelo jogo de ida da semifinal da Libertadores.

Em junho, o Palmeiras chegou para pegar o Ceará em momento semelhante. O time de Roger não apresentava a mesma consistência que hoje apresenta a equipe de Felipão, mas vinha de duas vitórias convincentes e decisivas: 3 a 1 sobre o São Paulo e 2 a 0 sobre o Grêmio, em duas das melhores atuações sob o comando do antigo treinador. O empate por 2 a 2 com os cearenses, porém, com gol sofrido aos 43 minutos do segundo tempo, começou uma turbulência fatal. O Palmeiras só ganhou um dos quatro jogos seguintes, e Roger acabou demitido.

Desta vez, o alviverde espera estar "vacinado" para não perder pontos novamente contra o Ceará. O time está há 14 jogos sem perder no Brasileirão, sendo 13 deles sob o comando da comissão técnica de Scolari. O sistema de rodízio implantado pelo treinador tem funcionado muito bem e foi vital para que o Palmeiras pudesse simultaneamente brigar nas fases decisivas da Libertadores e da Copa do Brasil e ainda chegar à liderança do Brasileiro.

A equipe que entra em campo contra o Ceará, como de costume, não foi revelada por Felipão. Ele deve fazer alterações em seu rodízio habitual , mas a expectativa é de muitos jogadores poupados, tanto pelo duelo decisivo contra o Boca no meio de semana quanto para evitar que atletas pendurados percam o jogo com o Flamengo na próxima rodada do Brasileiro. A bola rola a partir das 16h, no Pacaembu.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS x CEARÁ

Data: 21 de outubro de 2018, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Competição: Campeonato Brasileiro (30ª rodada)
Local: Pacaembu, São Paulo (SP)
Árbitro: Andre Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes: Alessandro Rocha Matos (BA) e Cristhian Passos Sorence (GO)

PALMEIRAS: Weverton; Mayke, Antônio Carlos, Edu Dracena e Victor Luis; Felipe Melo, Jean e Lucas Lima; Hyoran, Dudu e Deyverson. Técnico: Luiz Felipe Scolari

CEARÁ: Everson; Samuel Xavier, Tiago Alves, Luiz Otávio e Felipe Jonantan; Richardson, Edinho, Juninho Quixadá e Calyson; Leandro Carvalho e Arthur. Técnico: Lisca