Marca que falta: Verdão quer igualar invencibilidade do seu último título

Marca que falta: Verdão quer igualar invencibilidade do seu último título

GERAL -   


O Palmeiras lidera o Campeonato Brasileiro com três pontos de vantagem sobre o Inter, segundo colocado, e acumula bons números na campanha. Neste domingo, às 16h, diante do Ceará, no Pacaembu, tenta somar mais um: igualar a sequência invicta que estabeleceu na trajetória de seu último título, em 2016.

O Verdão não perde há 14 rodadas na competição nacional. Falta somente uma para repetir as 15 que o time de Cuca alcançou há dois anos. Em 2016, o 15º jogo invicto veio com coincidências: como mandante, diante de um nordestino, em 23 de outubro, também em um fim de semana anterior ao segundo turno de eleições (municipais, naquele ano), impondo 2 a 1 sobre o Sport.

Aquela partida foi válida pela 32ª rodada, enquanto o compromisso da equipe de Luiz Felipe Scolari neste domingo é pela 30ª. Outra diferença é o Allianz Parque, sede daquele triunfo diante do Sport, mas que, neste fim de semana, não está à disposição porque recebe evento musical, obrigando o clube a ser mandante no Pacaembu mais uma vez.

A atual sequência palmeirense começou assim que Roger Machado foi demitido. O técnico saiu do clube após perder por 1 a 0 para o Fluminense, no Maracanã, em 25 de julho. No dia seguinte, Felipão foi anunciado como substituto, mas, antes de sua chegada, Wesley Carvalho, técnico do sub-20, comandou a equipe na vitória por 3 a 0 sobre o Paraná, em 29 de julho, no Allianz Parque, e iniciou a trajetória invicta de agora.

Com Scolari no banco, pelo Campeonato Brasileiro, o Verdão ficou no 0 a 0 diante do América-MG, venceu o Vasco por 1 a 0, o Vitória por 3 a 0 e o Botafogo por 2 a 0, empatou sem gols diante do Inter e impôs 2 a 1 sobre a Chapecoense e 1 a 0 sobre o Corinthians. Contra o Bahia, o auxiliar Paulo Turra substituiu o suspenso Felipão e ficou 1 a 1. Já com o chefe de volta, 1 a 0 contra o Sport, 3 a 1 diante do Cruzeiro e 2 a 0 sobre São Paulo e Grêmio.

Repetir a invencibilidade do último título do clube é um passo para mais uma conquista e, também, soma mais uma marca a uma campanha cheia de números a serem comemorados. Só no Brasileiro, o Verdão é o melhor time do segundo turno (26 pontos em 30 possíveis), quem mais venceu (17 vitórias), menos perdeu (quatro derrotas) e ostenta a melhor defesa (18 gols sofridos).

Na temporada inteira, o Palmeiras é também o time brasileiro que mais venceu (39 vitórias) e mais fez gols (100). Números que ajudaram a colocar o time nas semifinais da Libertadores, com o primeiro jogo diante do Boca Juniors nesta quarta-feira, na Argentina. Mas tem o compromisso contra o Ceará antes. E a missão de manter o embalo em busca do título brasileiro.