Meirelles diz que Alckmin deve aprender a respeitar a lei

Últimas notícias -    

o ex-ministro da Fazenda e candidato do governo a presidente da República, Henrique Meirelles (MDB), rebateu neste sábado, 18, as afirmações do seu adversário e ex-governador paulista Geraldo Alckmin (PSDB) de que a tentativa do MDB de barrar na Justiça a chapa tucana ao Planalto é "tapetão puro". "O governador deve aprender a respeitar a lei. Fazer as coisas e exigir que todos sigam as leis não é tapetão. Isso não é jogada de tapetão, você tem de respeitar a Justiça brasileira e a lei", disse Meirelles durante visita à Festa do Peão de Barretos (SP). Meirelles afirmou que o questionamento feito pelo partido foi sobre supostas irregularidades em procedimentos de alguns dos partidos que o apoiaram e compete ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidir. "Qualquer que seja a decisão nós vamos respeitar. Se ele estiver correto, que mostre ao tribunal. Se estiver errado, vai desfazer a coligação", afirmou o ex-ministro. Antes de ser questionado sobre o tema polêmico, Meirelles foi indagado sobre quem apoiaria ou não em um segundo turno nas eleições deste ano. Ele disse que irá disputar o segundo turno após se tornar mais conhecido do eleitorado e crescer nas pesquisas e que espera o apoio de Alckmin, entre outros. "Isso vai ser uma decisão de cada candidato, mas existem os que a gente tem uma proximidade de pensamento", afirmou. Além de Alckmin, Meirelles citou os nomes de João Amoêdo (Novo) e Alvaro Dias (Podemos) .

Fonte: http://www.jb.com.br/pais/noticias/2018/08/18/meirelles-diz-que-alckmin-deve-aprender-a-respeitar-a-lei/
 

 */ ?>