EUA sanciona companhias navais rusas por violarem sanções à Coreia de Norte

Últimas notícias -    

O Tesouro americano impôs nesta terça-feira (21) sanções a duas empresas de transporte naval e seis buques russos por violarem punições econômicas contra a Coreia do Norte. Segundo Sigal Mandelker, subsecretária de Terrorismo e Inteligência Financeira do Tesouro americanos, as reveladas são as primeiras de mais sanções por parte do governo para aqueles que violarem o embargo de fazer negócios com a Coreia do Norte. "Continuarão vindo sem dúvida mais (sanções) de parte desta administração", afirmou Mandelker em uma audiência no Senado. Mais cedo, o Tesouro havia informado que as companhias Primorye Maritime Logistics Co. e Gudzon Shipping Co. possuem um barco, o M/V Patriot, que realizou transferências de petróleo a buques norte-coreanos duas vezes este ano. Essa ação violou o embargo, respaldado pela ONU, de fazer negócios com a Coreia do Norte, como parte de um esforço para pressionar Pyongyang para que abandone seus programas de armas nucleares e mísseis balísticos. Em outro anúncio, o Departamento do Tesouro incluiu na sua lista negra duas companhias e dois indivíduos que teriam ajudado outra empresa russa, a Divetechnoservices, a driblar as sanções que lhe haviam sido impostas em junho por supostas atividades de hackers. A Divetechnoservices e três funcionários da empresa foram sancionados originalmente por administrar e apoiar as capacidades subaquáticas do governo russo no monitoramento e na pirataria de cabos de comunicações submarinos no mundo todo.

Fonte: http://www.jb.com.br/internacional/noticias/2018/08/21/eua-sanciona-companhias-navais-rusas-por-violarem-sancoes-a-coreia-de-norte/
 

 */ ?>