Missão impossível para o humor: confira a crítica de 'Meu ex é um espião'

Últimas notícias -    

Vez por outra, Hollywood parodia filme de espião e escala um humorista do momento. A escolha da vez foi Kate McKinnon, a melhor revelação do elenco do “Saturday night live” nos últimos anos. Ela é o que justifica o mediano “Meu ex é um espião”.  Diferentemente de outra humorista de sua geração, Amy Schummer, Kate funciona bem na tela grande. Se Mel Brooks não estivesse aposentado, teria nela uma substituta para Madeline Khan, que fazia tipos sexy e escrachados. Como ela o faz nesta comédia, na qual duas amigas se envolvem numa trama internacional por conta da ocupação secreta do namorado de uma delas: espião. Com boas cenas de ação e violência explícita (é um filme impróprio para menores), é uma espécie de versão tosca de “Missão: impossível” (cujo Ethan Hunt, de Tom Cruise, é citado numa piada). Tem até locações em Viena, Berlim, Paris e outras cidades europeias. Mas nada disso é o bastante para salvar porque, a diretora, Susan Fogel, estava mais preocupada em passar mensagens “lacradoras”, através da boca da personagem de Kate. Pena. * Jornalista ____________ MEU EX É UM ESPIÃO: * (Ruim) Cotações: o Péssimo; * Ruim; ** Regular; *** Bom; **** Muito Bom ____________

Fonte: http://www.jb.com.br/cultura/noticias/2018/08/23/missao-impossivel-para-o-humor-confira-a-critica-de-meu-ex-e-um-espiao/
 

 */ ?>