topo JF - Agência e Clipping de Notícias

 

 

 

19/06/2017 às 11:40
Semana é decisiva para Lula; prazo final para os argumentos do triplex

 

Lava Jato pede sequestro de imóveis de familiares de Palocci

 

Antonio Palocci pode tentar enganar a Lava Jato.

 

Mas ele vai acabar se arrependendo.

 

O Estadão conta que o procurador Januário Paludo pediu ao juiz Sergio Moro o sequestro de imóveis da filha e da enteada do Italiano.

 

Para o MPF, “há indícios” de que Antonio Palocci “promoveu a ocultação de patrimônio ilicitamente obtido mediante registro de doação”.

No caso Carolina Palocci, ele doou 2,9 milhões de reais, usados na compra de um apartamento de 2 milhões de reais.

 

Os novos detalhes de Palocci

 

A defesa de Antonio Palocci plantou mais uma notinha na Folha de S. Paulo:

 

“Pessoas próximas ao ex-ministro dizem que, em sua delação, ele trará novos detalhes sobre desvios descobertos, ainda que parcialmente, durante o mensalão”.

 

Antonio Palocci tem de entregar Lula. O resto, como diz a notinha, é detalhe.

 

No Estadão: Lava Jato pede sequestro de imóveis de filha e enteada de Palocci

 

O procurador Januario Paludo, da força-tarefa da Operação Lava Jato, pediu ao juiz federal Sérgio Moro para sequestrar dois imóveis ligados ao ex-ministro Antonio Palocci (Governos Lula e Dilma – Casa Civil/Fazenda): um de sua filha e outro de sua enteada. Em manifestação ao magistrado, o procurador afirmou que a Lava Jato identificou ‘possíveis atos de lavagem de dinheiro mediante aquisição de bens imóveis em favor de suas filhas’.

 

“Antonio Palocci, valendo-se dos recursos ilícitos que transitaram por suas contas bancárias, adquiriu bens imóveis de elevado valor em benefício de Carolina Palocci e Marina Watanabe, o que pode, em tese, caracterizar o delito previsto no art. 1º da Lei 9.613/98”, afirmou o procurador.

 

O ex-ministro é acusado pelo Ministério Público Federal, no Paraná, em duas ações penais, por corrupção e lavagem de dinheiro. Em um dos processos, Palocci é suspeito de irregularidades na obtenção, pela empreiteira Odebrecht, de contratos de afretamento de sondas com a Petrobrás. Na outra ação, a força-tarefa atribui ao petista o papel de intermediador do pagamento de propina supostamente destinada ao ex-presidente Lula também pela empreiteira.

 

Leia a notícia na íntegra no site do Estadão. 

 

Lula é o maior inimigo da Lava Jato

 

Os marqueteiros de Michel Temer enganam os otários dizendo que a meta da PGR é proteger Lula.

 

Na verdade, Michel Temer e Lula trabalham juntos.

 

Como lembrou a Folha de S. Paulo na reportagem sobre Roberto Teixeira, a grande estrela do jantar em homenagem aos advogados de

 

Lula foi o advogado de Michel Temer, Antonio Claudio Mariz de Oliveira.

 

Michel Temer pode trocar as cúpulas da PGR e da PF.

 

Mas o único que tem o poder de enterrar de uma vez por todas a Lava Jato é Lula, caso ele seja eleito em 2018.

 

Meu Juiz, Minha Vida

 

Bom dia, lavajatistas.

 

É uma semana decisiva para Lula.

 

Seus advogados precisam entregar até amanhã os argumentos finais sobre o triplex no Guarujá.

 

A partir de quarta-feira, portanto, o juiz Sergio Moro poderá sentenciá-lo.

 

Espera-se que ele seja rápido e certeiro, como sempre.

 

Leia mais no site O Antagonista. 

Loading...


 

Loading...
 

 

Cadastre seu e-mail e receba nossos boletins diários:

 

 

 

 

Leitores On Line