topo JF - Agência e Clipping de Notícias

 

 

 

19/06/2017 às 11:55
UE e Reino Unido já deram tiro de partida para negociações do Brexit

 

O secretário britânico encarregado pelas negociações bilaterais do Brexit mostrou-se confiante à entrada da sede da Comissão Europeia, em Bruxelas, dizendo aos jornalistas que o Reino Unido está "a iniciar essa negociação de forma positiva e construtiva".

 

 

Quase um ano depois do referendo de 23 de junho ter dado vitória à saída do Reino Unido da União Europeia, o Governo britânico deu esta segunda-feira início aquela que é descrita como a “negociação mais complicada de todos os tempos”. As negociações, que se devem estender pelos próximos dois anos, arrancaram às 11 horas (10 horas em Portugal) em Bruxelas, com o encontro entre o secretário britânico encarregado pelas negociações bilaterais, David Davis, e o homólogo europeu, Michel Barnier.

 

O Reino Unido quer discutir um acordo de saída do bloco europeu que inclua um tratado de livre comércio, mas do lado dos europeus as prioridades são outras. A Comissão Europeia está empenhada em garantir os direitos dos cidadãos europeus em território britânico e estabelecer o valor a ser pago por Londres por acionado o artigo 50º do Tratado Europeu, antes de se avançar para as negociações do pós-Brexit.

 

David Davis mostrou-se confiante à entrada da sede da Comissão Europeia, em Bruxelas, dizendo aos jornalistas que o Reino Unido está “a iniciar essa negociação de forma positiva e construtiva”. O secretário britânico sublinhou que apesar de o país ter iniciado o processo de divórcio da União Europeia, “o Reino Unido continuará a ser um parceiro comprometido e aliado do continente”. “Há mais o que nos une do que o que nos separa”, reiterou.

 

No Luxemburgo, a assistir a uma reunião de ministros dos Negócios Estrangeiros, o ministro britânico Boris Johnson afirmou que acredita que “todo este processo levará a uma resolução feliz, que pode ser alcançada com honra e benefício para ambas as partes”.

 

O país deve abandonar a União Europeia definitivamente em março de 2019, dois anos após o início oficial do procedimento de saída.

Loading...


 

Loading...
 

 

Cadastre seu e-mail e receba nossos boletins diários:

 

 

 

 

Leitores On Line