Cães mais jecas vencem cãocurso em festa julina

No último sábado, 7 de julho, o Instituto é o Bicho promoveu o “1º Arraial do Bem”. O evento ocorreu na sede do Conselho Comunitário dos loteamentos Jardim Anchieta, Flor da Ilha e Jardim Germânia (Confia) e reuniu aproximadamente 600 pessoas e 50 cachorros de portes diversos. O objetivo da festa foi arrecadar recursos para suprir as necessidades dos animais vítimas de maus tratos e/ou abandono, que são resgatados pelos protetores da organização sem fins lucrativos.

O 1º Arraial do Bem teve muita música com a banda Havana, pescaria, jogo de argolas, bazar de roupas e comidas livres de ingredientes de origem animal: quentão, chocolate quente, maçã do amor, bolos, pizza, kibe, coxinha, arroz doce, canjica, cachorro quente, entre outros. Além disso, a sustentabilidade fez parte dos princípios da festa, várias pessoas levaram seus copos para evitar o descarte de plástico ou compraram a caneca esmaltada que era vendida na hora.

De acordo com uma das coordenadoras da ONG, Isabela Cirino, o Arraial superou as expectativas e agora há planos para que ele se torne um evento anual do Instituto. O  valor arrecadado está sendo contabilizado pela organização e será destinado para o pagamento de vacinas, castração, exames, hospedagens, tratamentos veterinários e alimentação dos animais que a ONG mantém.

Cãocurso e bingo

O ponto alto da festa julina foi o desfile dos cães vestidos com trajes típicos. Os modelos mais jecas foram avaliados por três pessoas e o Cão Darci. A disputa foi acirrada e dos 14 competidores, os jurados escolheram cinco. Todos foram premiados com produtos pets: cama tipo oca (1º), colchonete (2º), kit de higiene (3º) e coleiras (4º e 5º).

Mais tarde, o bingo distribuiu diversos prêmios como canecas, produtos e utensílios pets, vale jantar e ingressos para o cinema.  A tutora da cachorrinha Mona, uma das ganhadoras do cãocurso, também foi uma das contempladas no bingo. Pamela Goulart estava com a família e mesmo com pouco incentivo dos parentes, comprou cartelas para a tia, a avó e mais duas para ela. “No fim, acabei ganhando”, conta satisfeita.  

Outra sortuda da noite levou duas das oito rodadas do bingo. Apesar de não ter pets em casa, Paula Machado decidiu ir ao evento por convite das amigas. “Achei o clima da festa muito gostoso. Experimentei vários doces das banquinhas, conheci o trabalho de pessoas aqui da região e ainda tirei a sorte grande, já que, sem nunca ter ganhado em bingo algum antes, no arraial arrematei duas vezes. Espero que a segunda edição do arraial seja feita, pois irei com certeza”, finaliza.

 

A cachorrinha, Mona ao lado de sua tutora, Pamela Goulart.
Foto: Eduarda Balestrin. 


Fonte: Floripa News