Carnaval é paixão que vem de família
topo Leitores On Line

Carnaval é paixão que vem de família

O Dia

– Tradição de desfilar passa de geração para geração –

Nilópolis – O Carnaval carioca desperta paixões. Para muitas famílias este amor vem de berço e pode passar de geração para geração. É o que acontece na casa de Aline Souza da Silva, 38, cria da Beija-Flor. Aos 12 anos, Aline fez seu primeiro desfile como passista. De lá para cá não deixou de desfilar mais e é uma das diretoras da ala de passistas. Já são 26 anos na Beija-Flor. “Lembro da primeira vez que desfilei, foi uma emoção incrível”.

A forte relação de Aline com o Carnaval começou por causa do pai dela, que era um dos compositores da escola. “Ele passou este amor pra mim. Costumo dizer que ele me deixou deixou a Beija-Flor como herança”.

Os ensinamentos do pai foram passados para os cinco filhos da passista. Todos eles estão na azul e branco de Nilópolis. O mais velho, Lorran da Silva, 20, é da bateria. Lorrana, 12, e Lorena, 10, são passistas. Lorrayne da Silva, aos 16 anos, é uma das diretoras da ala de passistas ao lado da mãe e garante: “A gente tem opiniões diferentes, discute, mas sempre resolvemos tudo juntas”.

Já o caçula da família, Lorenzo, de 6 anos, ainda não fez sua estreia. “Eles podem se divertir, mas se querem estar na escola tem que ensaiar e levar a sério”, ressalta a mãe. Aline não se afastou da escola nem na gestação. “As crianças já ouviam as batucadas dentro da minha barriga. A Lorena nasceu após um ensaio. Saí da quadra direto para o hospital. O Lorenzo nasceu em uma quarta, no sábado eu estava no ensaio. Sou apaixonada pelo Carnaval e pela Beija e meus filhos herdaram isso de mim”.

Fonte: O Dia

Loading...
Loading...

Cadastre seu e-mail e receba nossos boletins diários:

ASSINATURA JORNAL FLORIPA
Leitores On Line