Menu

Dia do Sexo desperta casais e sex shops querem lucrar

0 Comments

Wilson Aquino

– Namorados planejam festejar a data com muita paixão. Mas, se por acaso a coisa não fluir conforme manda o figurino, a culpa é da crise –

Rio – A data não poderia ser mais sugestiva: o dia 6 e o mês 9. Mas, em tempos de crise, o Dia do Sexo, comemorado hoje, não anda mexendo muito com a libido do brasileiro. “Estou desempregada e esse tipo de preocupação atrapalha um pouco”, garante a enfermeira Ludmila de Castro, de 34 anos, que aproveitou o tempo vago para conhecer o Boulevard Olímpico, ontem à tarde, com o namorado Renato Araújo, 28.

Para a sexóloga Priscila Junqueira, a data costuma ter impacto positivo. “As pessoas vão falar mais e comemorar esse dia. Namorando, lógico”, garante a especialista. Esse é, pelo menos, o objetivo do microempresário Cláudio Sena, 40. “Não existe dia específico para o sexo, principalmente quando estamos apaixonados. Mas já que tem a data, vou preparar alguma coisa especial”, afirmou Sena, que, ao lado da namorada Rita Carvalho, garantiu que nem a crise vai atrapalhar.

A Associação Brasileira de Motéis, em nota, informou que a data não representa aumento de público. Por isso, não organizou nada para comemorar. Já os sex shops estão apostando no incremento de vendas. Tanto que estão lançando algumas novidades. Na Chocolate com Pimenta, no Centro do Rio, um dos destaques é um gel vibrante usado a ter a sensação de vibração. “É o líder de vendas”, comenta Silvana Doval, 31, vendedora da loja. O pote de 17g custa R$ 54,90. E se engana quem pensa que produtos eróticos são comprados apenas por jovens.

A terceira idade também é alvo de promoções e ofertas do setor. A Hot Flowers, por exemplo, lançou recentemente uma linha voltada para o público mais “maduro”, como classifica a representante da marca no Rio, Roberta Benevenuti. São lubrificantes especiais, com maior intensidade, para quem já tem a pele mais resistente. “A composição é feita para estimular a pele”, explica Roberta.

Tem sexo doce e vibrante

Recurso escolhido por muitos casais, os produtos comestíveis sensuais chegam com novidades este ano. A linha da Pepper Blend oferece energéticos, pós, géis e até talco comestíveis. As novas opções são inspiradas no sucesso de alimentos mais tradicionais, como leite condensado, chantilly, calda de chocolate, balas geladas ou mesmo gelo. Já os tradicionais vibradores têm sido cada vez mais desenvolvidos e vendidos. Existem opções de vibradores duplos, muito requisitados pelo público feminino. Os preços vão de R$ 189 até R$ 569, dependendo do tamanho.

Fonte: O Dia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *