Os bons exemplos dos atletas em tempos de quarentena

Últimas notícias -

Alguns jogadores nessa quarentena têm tomado importantes, nobres e úteis atitudes nas redes sociais: seja aquela ajuda financeira ou mesmo vídeos de incentivo.

O argentino Messi por exemplo, doou R$ 5,5 milhões para hospitais de Barcelona e da Argentina. O português Cristiano Ronaldo e o seu agente, Jorge Mendes doarão 35 leitos de UTI para os hospitais de Portugal. Os jogadores do Bayern aceitaram reduzir os seus salários em 20% para ajudar os funcionários do clube.

Tudo bem que alguém possa argumentar que esses jogadores ganham muito bem e que podem ajudar o próximo, concordo, até por que a realidade de grande parte do futebol brasileiro é muito diferente das grandes estrelas mundiais.

No entanto, mesmo que as ajudas não sejam exatamente em dinheiro, vários atletas do futebol catarinense têm postado nas redes pequenos vídeos fazendo os seus exercícios diários – alguns até usando os pequenos filhos ou as esposas como pesos e apoio para essas atividades.

Em tempo de quarentena, é uma grande ajuda para animar os torcedores e torcedoras que estão em casa em estado de sedentarismo.

Boa iniciativa e, vamos se mexer!

 

.


Fonte: Com Agências