Dia Mundial do Diabetes alerta para riscos da doença

O diabetes é uma doença causada pela produção insuficiente ou má absorção de insulina, hormônio que regula a glicose no sangue e garante energia para o organismo. O diabetes é considerado o terceiro maior fator de risco para o coração podendo causar o infarto e o AVC, Acidente Vascular Cerebral.

O Brasil é o quarto pais com o maior número de casos. No mundo, 13 milhões de pessoas tem a doença, perdendo apenas para os Estados Unidos, Índia e China, segundo dados da Sociedade Brasileira de Diabetes. 

Mas muitos brasileiros ainda negligenciam os cuidados com a doença, como é o caso do publicitário José Almeida, fumante, que usou bebida alcoólica ao longo de 50 anos. Hoje, aos 64, passou por dois AVCs e, mesmo assim, não segue a recomendação médica.

 

O Funcionário Público, Cláudio Oliveira, que tem 56 anos e há quatro anos é diabético garante que o segredo é obedecer as orientações do médico.

 

Aos 87 anos, a  dona de casa, Eivone Romagnolli, mais conhecida como Nena, convive com a doença há mais de 40 anos. Ela explica que apesar de ter sofrido um infarto há quatro anos, tenta seguir a vida normalmente.

 

O Diretor da Sociedade Brasileira de Cardiologia, Fernando da Costa,  recomenda o hábito da boa alimentação e a prática de esportes a partir da infância.

 

O cardiologista afirma que os sintomas mais comuns são: sede, perda de peso, fome, cansaço, grande vontade de urinar, dificuldade para cicatrização, visão embaçada e falta de concentração.

Fonte: Rádio Nacional