Itaipu atinge 2,7 bi de megawatts-hora, recorde de energia desde 1984

A usina de Itaipu atinge, nexta sexta-feira (14),  2,7 bilhões de  megawatts-hora de energia acumulada, um recorde desde o início da operação da hidrelétrica, em maio de 1984.

 

É uma marca histórica para o empreendimento binacional, líder mundial em geração de energia limpa e renovável, que reforça a importância estratégica da hidrelétrica para o desenvolvimento sustentável e a segurança energética do Brasil e do Paraguai.

 

Em 2023, quando o tratado entre os países completará 50 anos e o anexo C, que trata das bases financeiras, será revisado, Itaipu provavelmente terá já cravado 3 bilhões de megawatts-hora de energia acumulada.

 

Esse índice que dificilmente outra usina no mundo conseguirá alcançar, nem mesmo aquelas que começaram a produzir antes da binacional, diz Itaipu. 

 

A usina deTrês Gargantas, na China, por exemplo, a maior do mundo em potência instalada, considerando a média de produção dos últimos seis anos, alcançaria Itaipu apenas em 2347.

 

Atualmente, Itaipu é responsável por atender quase 15% do mercado brasileiro de energia elétrica, e 93% do Paraguai.

 

Os 2,7 bilhões de megawatts-hora produzidos ao longo de 35 anos de operação seriam suficientes para abastecer todo o planeta por 43 dias.

 

Com Agências | Rádio Nacional


Outros destaques: