Valor de imóveis na Capital sobe 1,9% em 12 meses
topo Leitores On Line

Valor de imóveis na Capital sobe 1,9% em 12 meses

O preço dos imóveis anunciados em Fortaleza apresentou alta de 0,03% em outubro, após ficar estável em setembro. De acordo com o Índice FipeZap, o preço médio do metro quadrado anunciado na Capital foi de R$ 5.983, em outubro, o 8º maior do País, considerando os 20 municípios analisados. Já no acumulado do ano, Fortaleza registrou alta de 1,14%, a 11ª maior do País, e no acumulado de 12 meses, avanço de 1,89%, 8º maior.

Apesar do avanço dos preços anunciados, a variação do índice ficou abaixo da inflação no ano (5,82%) e no acumulado de 12 meses (7,92%), de acordo com o IPCA, medido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo Apollo Scherer, presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis no Ceará (Creci-CE), o cenário de instabilidade política vivenciado pelo País neste ano acabou influenciando as vendas de imóveis. "Num cenário normal a gente sempre vai ter uma variação próxima da inflação, mas a gente está num momento atípico, com fatores externos influenciando o mercado", diz.

Avanço médio no País

Na média nacional, o índice apresentou crescimento de 0,38%, no acumulado de janeiro a outubro, e de 0,33% nos últimos 12 meses. Das 20 cidades pesquisadas pelo Índice FipeZap, sete tiveram queda nominal do preço no ano. E todas registraram variação abaixo da inflação. ]

De acordo com Apollo Scherer, existe hoje uma grande demanda reprimida e as pessoas já estão começando a demonstrar interesse por imóveis. "O movimento estava muito baixo nos últimos seis meses, mas a gente sente que as pessoas estão voltando a se interessar por imóveis, não necessariamente para a compra, mas o interesse já está maior", diz.

Geral

Considerando os preços do metro quadrado nos 20 municípios pesquisados, o índice apresentou variação de 0,11% entre setembro e outubro, completando oito meses seguidos de altas nominais, ainda que em sete meses o aumento nos preços foi inferior à inflação medida no mês, como no mês de outubro, para o qual, a inflação esperada pelo Boletim Focus do Banco Central é de 0,3%. Individualmente, sete das vinte cidades pesquisadas apresentaram variação negativa no mês, enquanto em quatro cidades o aumento dos preços superou a inflação esperada.

Metro quadrado

Em outubro, o valor médio do metro quadrado anunciado das 20 cidades foi de R$ 7.652, sendo o Rio de Janeiro a cidade com o metro quadrado mais caro do País (R$ 10.236), seguida por São Paulo (R$ 8.622) e Distrito Federal (R$ 8.522). Por outro lado, as cidades com menor valor, de acordo com o índice FipeZap, foram Contagem (R$ 3.611), Goiânia (R$ 4.111) e Vila Velha (R$ 4.526).

Com boas perspectivas para o final deste ano e para 2017, Scherer acredita que a alta da demanda irá refletir nos preços. "Estamos em época de alta estação, os meses de novembro e dezembro, tradicionalmente são os melhores meses do ano. E as pessoas estão voltando a procurar imóveis via internet e por telefone. Então isso aponta um ótimo cenário para os próximos meses", afirma.

CC

Fonte: diariodonordeste

Loading...
Loading...

Cadastre seu e-mail e receba nossos boletins diários:

ASSINATURA JORNAL FLORIPA
Leitores On Line
Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com