Macacões e macaquinhos
topo Leitores On Line

Macacões e macaquinhos

Bruna Condini

– Atriz Marcella Valente assume preferência pelas peças versáteis e que nunca saem de moda. Vídeo mostra os bastidores da sessão de fotos no Parque das Ruínas –

Rio – ‘Uso muito macacão.Alonga a silhueta, é elegante e prático. Uma roupa que pode ser usada de dia e de noite”, diz a atriz Marcella Valente. A intérprete da Larissa, de ‘Haja Coração’, assume sua paixão pela moda, confessa que acompanha as tendências e gosta de estar informada.

“Tanto que há seis meses inaugurei uma marca de bodywear (beachwear que também pode ser usada como roupa), a Nitaah, um nome indígena em homenagem à minha bisavó, que era índia, e que remete ao poder da natureza. Era um sonho antigo. Fazemos peças modeladoras. A mulher tem que se vestir para ficar mais bonita”.

O poder de versatilidade ditou a escolha dos macacões e macaquinhos para este ensaio. É uma peça que se reinventa através dos anos e pode ser usada com diversidade de estilos. “Amei o macacão com fundo amarelo e estampa tropical. Super em alta para o verão, e valoriza o colo”, diz a atriz.

Marcella conta que não conhecia o Parque das Ruínas, espaço municipal localizado no alto de Santa Teresa, onde foi feito o ensaio, e admite que ficou encantada com a vista da cidade de lá. “Sou de estar na natureza. Esse contato me ilumina. No Rio, você tem a cidade grande e natureza existindo juntas. Sou curitibana, vim para cá com 9 anos, e amo essa cidade”, confessa a intérprete, que na trama das sete da Globo faz a filha adotiva de Nair (Ana Carbatti) e irmã de Apolo (Malvino Salvador) e Adonis (José Loreto).

Ela revela que antes da personagem já tinha o hábito de visitar um orfanato, o Romão Duarte, no Flamengo. “Sempre colaborei. Acho importante. E mais até do que levar brinquedos, fazer doações, o que toda criança quer é carinho, colo”, diz ela, garantindo que intensificou a experiência por causa da personagem.

“Foi importante, claro. Mas a imagem que tenho da composição de um personagem é a mesma de uma colcha de retalhos. Lá estão suas vivências, as referências que busca, a intuição. O momento mais bonito da criação é quando você percebe que encontrou o que buscava”.

Marcella frisa que o que mais curte é essa parte da criação. “Elaboro peças para minha marca, isso também é uma forma de arte. Pretendo continuar explorando o mundo da moda”, completa.

Fonte: O Dia

Loading...
Loading...

Cadastre seu e-mail e receba nossos boletins diários:

ASSINATURA JORNAL FLORIPA
Leitores On Line

Leitores On Line