Ministério vai elaborar projeto ou PEC para financiamento da segurança pública
topo Leitores On Line

Ministério vai elaborar projeto ou PEC para financiamento da segurança pública

Após reunião com secretários de segurança pública de todo o Brasil, o Ministério da Justiça anunciou que irá elaborar uma Proposta de Emenda Constitucional ou um Projeto de Lei para o estabelecimento de fonte de financiamento para a Segurança Pública. Durante o encontro em que foi discutido o Plano Nacional de Segurança Pública, os representantes estaduais questionaram qual seria a fonte de recursos para as ações previstas no plano. Eles cobraram do governo federal uma nova fonte de recursos para o financiamento da área que não esteja sujeita a eventuais  contingenciamentos. Os secretários sugeriram a aprovação de uma Emenda Constitucional que vincule verbas da União para a segurança.

O presidente do Conselho de Secretários de Segurança Pública, Jefferson Portela, defendeu que o financiamento é um ponto fundamental para que os governos estaduais assinem acordo de cooperação previsto no Plano Nacional de Segurança.

“Hoje os estados não têm a certeza da alimentação financeira dos sistemas estaduais. Nossa indicação como plano número um para o sucesso do Plano Nacional de Segurança é a inclusão da edição de uma Proposta de Emenda Constitucional para vincular o orçamento da segurança em definitivo para os estados brasileiros, assim como acontece com educação e saúde”,  disse Portela.

Durante a reunião, os secretários também cobraram a atuação mais efetiva da União na defesa das fronteiras e no comabte ao tráfico de drogas e armas.Todas as sugestões devem ser colocadas pelos governadores em reunião com o Presidente da República, Michel Temer, inicialmente prevista para amanhã (18).

Medidas

Com a reunião de hoje, o Ministério da Justiça constituiu uma equipe de governança conjunta com a participação de cinco secretários de Segurança Pública e cinco secretários de Administração Penitenciária, um de cada região do país. Também foi determinada a imediata instalação dos 27 Núcleos de Inteligência Policial (NIPO) nos Estados e no Distrito Federal, previstos no Plano Nacional de Segurança. Foi anunciada também a atuação integrada para a abertura de novas vagas em presídios em modelos de alas e prédios modulares e ainda o repasse imediato aos estados de R$ 295,4 milhões. Desse total, R$ 147,6 milhões são para a aquisição de bloqueadores de celular, R$ 70,5 milhões para scanners e R$ 77,5 milhões para tornozeleiras.

Os secretários estaduais também sugeriram o reforço da Policia Rodoviária Federal por membros da Força Nacional  “para impedir o trânsito livre de criminosos”. De acordo com o secretário, a ideia é que haja mais fiscalização ostensiva nas rodovias. O reforço duraria apenas até a contratação de mais policiais rodoviários.

Fonte: EBC

Loading...
Loading...

Cadastre seu e-mail e receba nossos boletins diários:

ASSINATURA JORNAL FLORIPA
Leitores On Line