Dez migrantes desaparecem quando cruzavam de bote da Turquia para Grécia

Dez migrantes desaparecem quando cruzavam de bote da Turquia para Grécia

GERAL -   

Istambul, 12 nov (EFE).- Dois migrantes foram resgatados com vida enquanto outros dez permanecem desaparecidos após o naufrágio nesta segunda-feira de um bote no qual tentavam chegar desde o litoral turco à Grécia, informa a agência de notícias turca "Anadolu".

O naufrágio aconteceu às 6h30 local (1h30, em Brasília) no litoral da região turca de Dikili, a cerca de 20 quilômetros da ilha de Lesbos.

Avisada por pescadores, uma equipe de Guarda Costeira turca formada por um helicóptero e três embarcações resgatou duas pessoas, embora outras dez seguem desaparecidas.

A identidade e a origem dos migrantes não foi revelada pelas autoridades.

A maior parte das operações da Guarda Costeira turca contra a migração irregular se centra no Mar Egeu, onde só na última semana foram resgatadas 400 pessoas.

Os interceptados eram afegãos, sírios, paquistaneses, palestinos, centro-africanos e congoleses.

Neste ano, os serviços marítimos turcos resgataram 23,2 mil migrantes irregulares, um número superior aos 19,2 mil registrados no mesmo período de 2017.