Caça americano cai no sudoeste do Japão sem deixar vítimas

Caça americano cai no sudoeste do Japão sem deixar vítimas

GERAL -   

Tóquio, 12 nov (EFE).- Um caça F/A-18 das tropas americanas desdobradas no Japão caiu nesta segunda-feira no mar ao sudeste de Naha, capital de Okinawa, sem deixar vítimas, já que a tripulação conseguiu deixar o aparelho antes do impacto, informou a Frota do Pacífico da Marinha dos Estados Unidos.

A aeronave "teve um problema mecânico que resultou na ejeção da tripulação enquanto realizava operações rotineiras", disse a Marinha dos EUA em comunicado.

O órgão acrescentou que seus dois ocupantes foram resgatados "imediatamente e de forma segura" e que "com base na avaliação (médica) inicial, ambos estão em boas condições".

O acidente aconteceu às 11h45 local (0h45, em Brasília) a 280 quilômetros de Naha, após decolar do porta-aviões de propulsão nuclear USS Ronald Reagan, segundo dados do Ministério japonês de Defesa em Okinawa divulgada pela emissora pública "NHK".

O porta-aviões "reatou suas operações normais" e o acidente "está sob investigação", acrescentou a Marinha de EUA.

O USS Ronald Reagan está atualmente desdobrado na base de Iwakuni (oeste) e em 8 de novembro concluiu manobras com as Forças de Autodefesa de Japão (exército) na região.