OPS defende vacinação contra polio como prioridade

<p>A Organização Pan-Americana da Saúde (OPS) defendeu nesta quinta-feira, na Guatemala, priorizar os programas de vacinação e vigilância contra a polio, doença erradicada do continente em 1994.</p><p>O organismo convocou “todos os países [da região] a manter todas as doenças preveníveis sob vacinação, e no caso particular da polio, como uma prioridade”, disse à AFP o mexicano Cuauhtémoc Ruiz-Matus, chefe da Unidade de Imunização Integral da Família da OPS.</p><p>Especialistas em saúde pública de 22 países do continente se reuniram na capital guatemalteca durante três dias para dar prosseguimento às medidas para manter a região livre da polio e promover a erradicação mundial da doença.</p><p>Ruiz-Matus assinalou que a atenção à polio deve continuar “como uma prioridade política em todos os níveis” para se evitar casos importados.</p><p>”O programa de imunização que se tem na América sempre foi um programa líder, e precisa ser mantido como prioridade política”, concluiu.</p><p>A poliomielite é uma doença infeciosa aguda ocasionada por um vírus e que afeta principalmente as crianças, comprometendo no sistema nervoso as células encarregadas do controle muscular.</p><p> * AFP </p><!– contentFrom:cms –>
Fonte: Diário Catarinense