A Provinha Brasil não terá versão impressa este ano, “por restrições financeiras”, informou hoje (8), em nota, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). A nota, assinada pela presidenta da autarquia, Maria Inês Fini, diz ainda que o exame não será aplicado no ano que vem e será suspenso “até que sejam publicadas novas Matrizes de Referência para avaliação da alfabetização”.  A Provinha Brasil é aplicada aos alunos do 2º ano do ensino fundamental das escolas públicas. A avaliação é realizada duas vezes ao ano, no início e no final, e tem o objetivo de medir o aprendizado de português e matemática dos estudantes que passaram por, pelo menos, um ano de alfabetização.
Fonte: correiobraziliense