Três homens são indiciados por estupro coletivo no interior de SP

Três homens são indiciados por estupro coletivo no interior de SP

A Polícia Civil de Paulínia (117 km de SP) conseguiu encontrar, neste sábado (1º), outros três homens suspeitos de estuprar e manter em cárcere privado, por três dias, duas adolescentes de 14 e 15 anos. Um outro suspeito foi preso na quinta-feira.

Segundo a polícia, o trio foi indiciado por estupro, cárcere privado e sequestro. Eles não ficaram presos porque a lei eleitoral não permite detenções cinco dias antes e 48 horas depois da votação. O eleitor só pode ser preso em flagrante ou para cumprir sentença.

Os três teriam participado do estupro coletivo, praticado por seis homens, em uma casa em Paulínia, no dia 12. Para a polícia, eles estão envolvidos também no sequestro, na última terça-feira (27), quando as vítimas foram levadas a uma casa e receberam ameaças para que retirassem a queixa de estupro.

Um dos indiciados é o ex-namorado de uma das vítimas, que buscou as meninas na escola e as convenceu acompanhá-lo. Os suspeitos negaram o crime e só vão se pronunciar perante o juiz.

Fonte: diariodonordeste

ASSINATURA JORNAL FLORIPA

Leitores On Line