Com o início da paralisação nacional dos caminhoneiros no dia 21 de maio, vários vídeos e informações começaram a circular no whatsapp. Como sempre, diversos deles eram falsos ou continham algum dado equivocado. Como exemplo, o Floripa News publicou uma notícia sobre o caso do ex-empresário, Emilio Dalçoquio. Este realmente aparece em um vídeo polêmico de apoio à paralisação, mas “outro Emilio Dalçoquio” (falso) também circulava nas redes com um discurso inflamado sobre a situação atual do Brasil.

Vários vídeos e fotos estão circulando nas redes sociais no últimos dias sobre o movimento dos caminhoneiros. Nós selecionamos cinco dessas informações, confira se já viu alguma e se ela é mesmo verdadeira. 

 

1. Operação da Polícia Rodoviária Federal de Santa Catarina contra greve dos caminhoneiros

O confronto mostrado abaixo ocorreu durante a greve dos caminhoneiros de 2015 e não recentemente, como foi propagado nas redes.

2. Depoimento do cantor Leo Chaves

O cantor Leo, da dupla sertaneja Victor e Leo, aparece em vídeo declarando apoio à paralisação dos caminhoneiros. Ele afirma que enxerga no movimento uma oportunidade de revolução e mudança no país. O vídeo foi publicado no instagram do cantor no dia 26 de maio.

3. Depoimento do ator Ivanildo Gomes Nogueira, mais conhecido como Batoré

No vídeo, o ator rechaça declaração da apresentadora do telejornal do SBT, Rachel Sheherazade, que afirmou que a paralisação nacional dos caminhoneiros é absurda. O ator também se diz surpreso pelo fato do presidente Temer ainda não ter sido preso e declara apoio ao deputado federal, Jair Bolsonaro.

4. Pedido de intervenção militar

Neste vídeo, um homem discursa em cima de um tanque de guerra. Ele afirma que “o povo brasileiro está pedindo a intervenção militar no país”. Apesar de exercer seu direito de opinião, o homem generaliza quando diz que o povo pede pela intervenção, visto que diversos setores da sociedade são completamente contrários a essa ideia. O site Politize! fez uma matéria em que lista argumentos contra e a favor da medida.

O Floripa News não conseguiu identificar o local da declaração e nem o homem.  

5. Pessoas orando em um posto da gasolina

De acordo com a verificação do portal E-farsas, o posto está localizado na cidade de Recife, capital de Pernambuco. Ao contrário do que foi propagado, as pessoas não rezavam pela volta da gasolina, mas pela melhora da situação do país.

Em relação às informações divulgadas nas redes sociais de uma maneira geral, vale ressaltar que é sempre importante que as pessoas busquem fontes distintas de informação, chequem os conteúdos antes de compartilhar. Em matéria divulgada em 2016, o NEXO jornal fez uma reportagem onde lista 10 boas práticas para o consumo de informações na web. A mesma publicação também lista dois sites que se dedicam à identificação de fake news nas redes.

 


Fonte: Floripa News