AL autoriza Governo do Tocantins a pedir empréstimo de R$ 30 milhões para construir parque tecnológico


Aprovação ocorre oito dias depois do governador pedir urgência na votação da medida. O Palácio Araguaia quer realizar este empréstimo com o Banco do Brasil. Pedido foi aprovado na Assembleia Legislativa do Tocantins
Reprodução/TV Anhanguera
Os deputados estaduais do Tocantins autorizaram na noite desta quarta-feira (16) o Governo do Tocantins a tentar contrair um empréstimo de R$ 30 milhões com o Banco do Brasil. O dinheiro será usado para a construção do Parque Tecnológico do Tocantins, em Palmas. O projeto de lei que autorizou o empréstimo foi proposto pela equipe de Mauro Carlesse (DEM) e tramitou em regime de urgência.
O governador justificou o pedido dizendo que esta obra é uma das principais apostas para geração de empregos no estado. Para que o dinheiro seja concedido, a proposta ter ainda que ser aceita pela administração do banco.
O Parque Tecnológico é um dos projetos que deve ser concedido pelo governo para a iniciativa privada administrar depois que estiver pronto.
Os serviços de terraplanagem, instalações de rede de água e esgoto, drenagem e instalações elétricas devem ser realizados com o crédito do empréstimo. Há previsão ainda da contratação de serviços de pavimentação das vias de automóveis, pedestres, ciclovias e implantação de sinalização.
A proposta do parque consta nas promessas de campanha do governador. O plano de governo dele prevê que o local será dedicado a empresas de áreas como energia solar, eólica e outras fontes sustentáveis, economia verde, tecnologia da informação, comunicação e biotecnologia.
Em fevereiro deste ano os parlamentarem tinham aprovado outros pedidos de empréstimo do governo, para a construção de obras como a ponte de Porto Nacional e duplicação de rodovias. As autorizações eram para que o governo pegasse com bancos mais de R$ 300 milhões.
Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.
Adicionar aos favoritos o Link permanente.