Anvisa afirma que dará aval para uso emergencial de vacinas em até 10 dias

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) afirmou nesta segunda-feira, 14, que terá prazo máximo de 10 dias para concluir as análises de pedidos e emitir a autorização de uso emergencial de vacinas contra Covid-19 no Brasil.

O prazo começa a correr a partir do momento em que as farmacêuticas que entregarem todos os documentos solicitados pela agência. É fundamental que o medicamento passe por ensaios clínicos com voluntários brasileiros e tenha resultados previamente apresentados para a Anvisa.

A titulo de comparação, o pedido de registro (ou seja, autorização total do medicamento, com vacinação em massa), poderia levar até 60 dias.

A Anvisa reiterou que, até agora, nenhuma fabricante de vacina pediu autorização emergencial do uso de seu medicamento no país.

 

Continua após a publicidade

Adicionar aos favoritos o Link permanente.