Aumento no número de testes para Covid-19 faz aumentar tempo de espera para resultados na região


O tempo médio para o resultado dos testes era de dez dias, mas há casos de espera de até duas semanas em cidades do Sul de Minas. Aumento no número de testes para Covid-19 faz aumentar tempo de espera para resultados
O resultado dos testes de Covid-19 no Sul de Minas está demorando a ficar pronto. O tempo médio para o resultado dos testes era de dez dias, mas há casos de espera de até duas semanas. Isto se deve ao aumento do número de testes sendo realizados, que estão sobrecarregando o Sistema de Saúde da região.
Em Varginha (MG), entre os dias 10 de outubro e 10 de novembro, foram realizados pouco mais de 1,1 mil testes. Já entre novembro e dezembro foram feitos 1,9 mil testes, um aumento de mais de 77%.
Segundo a prefeitura, já foram realizados mais de 10 mil testes de Covid-19.
“Nós estávamos colhendo 10 testes RT-PCR ou Swab por dia. Nas últimas semanas, a gente passou a fazer de 50 a 60 testes por dia. Com isso, temos tido uma demora de dez dias para a chegada dos exames”, explicou o Secretário de Saúde, Luiz Carlos Coelho.
Aumento no número de testes para Covid-19 faz aumentar tempo de espera para resultados
Reprodução/EPTV
Em Pouso Alegre, a prefeitura informou que os testes tem demorado até dez dias para ficarem prontos. Antes, o tempo de espera era de três dias. O município já aplicou 13.136 testes.
Já em Poços de Caldas (MG), o resultado os testes está normalizado e o resultado sai entre três e dez dias. Segundo a prefeitura, óbitos, gestantes e profissionais da saúde tem prioridade. Poços já testou mais de 23 mil pessoas.
A Fundação Ezequiel Dias anunciou que vai priorizar a análise de exames relativos à Covid-19. Além do exame de Covid, a Funed realiza exames de meningite e HIV. A fundação está recebendo 4 mil amostras por dia, mas consegue processar metade delas.
Apesar desta decisão, nenhuma demanda deixará de ser atendida.
Tempo média de espera para resultado do teste para a Covid-19 era de dez dias.
Divulgação/Geraldo Bubniak/AEN
Veja mais notícias da região no G1 Sul de Minas
Adicionar aos favoritos o Link permanente.